Páginas

Ajudar tá no sangue?

domingo, 25 de julho de 2010

É com esse slogan genial: "ajudar tá no sangue" que o ministério da saúde vem implementar a campanha com objetivo de sensibilizar a população do nosso país para a importância da doação de sangue.


O Enfermagem... A Arte do Cuidar não poderia ficar de fora dessa campanha e vem apóia-lá, a campanha com o título “Doe sangue e faça alguém nascer de novo.” tem como idéia sensibilizar o público através da valorização do ato de doar sangue e mostrar a importância que este ato tem na vida de algumas pessoas.


A campanha mostra depoimentos de pessoas que tiveram suas vidas salvas com a transfusão de sangue fazendo apologia com imagens de um bebês fazendo tarefas de adultos, representando as pessoas que nasceram outra vez ao receber sangue doado. A campanha está na TV e também em outras mídias, como jornal, rádio e mobiliário urbano.

 

Vídeo da campanha no portal do Youtube


Cada vez mais a demanda por sangue aumenta nos hemocentros, seja por aumento de transplantes de órgãos e aumento da população entre outros fatores que fazem o país precisar cada vez mais de transfusão. Apesar do Brasil está dentro dos paramentos da Organização Mundial de Saúde (OMS) no que se refere a população doadora de sangue o Ministério da saúde  diz que é urgente e possível aumentar o número de brasileiros doadores.


Para doar sangue, basta ir ao hemocentro mais próximo, caso você more na Bahia procure  a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba). Todo procedimento demora muito pouco, é seguro e pouco dolor.


Outras informações importantes

  • O que é necessário para doar sangue?

 

Sentir-se bem, com saúde; apresentar documento com foto, válido em todo território nacional; ter entre 18 e 65 anos de idade; ter peso acima de 50Kg.

 

  • O que se recomenda no dia da doação?

 

Nunca vá doar sangue em jejum; faça um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior a doação; não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores; evitar fumar por pelo menos 2 horas antes da doação; evitar alimentos gordurosos nas 3 horas antecedentes a doação; Interromper as atividades por 12 horas as pessoas que exercem profissões como: pilotar avião ou helicóptero, conduzir ônibus ou caminhões de grande porte, subir em andaimes e praticar pára-quedismo ou mergulho.

 

  • O que impede a doação de sangue?

 

Quem teve diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade; mulheres grávidas ou amamentando; pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como AIDS, hepatite, sífilis e doença de chagas; usuários de drogas; aqueles que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos.


Se você quiser saber mais sobre a campanha, pode consultar o
site oficial, bem como as respectivas redes sociais, Facebook, Twitter e Youtube.

2 comentários

Ministério da Saúde disse...

Olá!

Seja parceiro da campanha de doação de sangue do Ministério da Saúde.

Para receber todo material da campanha e saber como participar, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

Att,
Ministério da Saúde.

Ministério disse...

Olá blogueiro,
É muito importante também incentivar a doação de órgãos e conscientizar as pessoas sobre a importância deste gesto de solidariedade.
Para ser doador de órgãos não é preciso deixar nada por escrito. O passo principal é avisar a família sobre a vontade de doar. Os familiares devem se comprometer a autorizar a doação por escrito após a morte. Divulgue a ideia e salve vidas!
Para mais informações: comunicacao@saude.gov.br
Ministério da Saúde

Postar um comentário

Rafael Mafagafo já havia dito : A verdade é que eu acho legal o pessoal acessar o site e não deixar um recadinho… eh massa…
eh a mesma coisa que você cagar e não puxar a descarga… porque querendo ou não você usou aquilo, pode ser num momento de merda, mas usou certo? não custa deixar um recadinho falando… legal…

 
Enfermagem... A Arte do Cuidar | by TNB ©2010