Páginas

Mecanismos de Recombinação Bacteriana

sábado, 22 de maio de 2010

O processo de evolução biológica de todo organismo vivo é produto de alterações no seu material genético, sendo o DNA em bactérias uma macromolécula de características de dupla fita circular. Focando nos segmentos desse DNA e suas reorganizações temos:


  • Transposons

Foram reconhecidos segmentos de DNA em bactérias que são movimentadas (transposto) em frequência de 10-7 por geração dentro do cromossomo esses segmentos foram denominados de transponsons, ou seja, são movimentos de elementos transponíveis.

Os Transponsons bacterianos são responsáveis pela disseminação de genes responsáveis pela resistência bacteriana aos antibióticos e quimioterapicos de um genoma bacteriano para outro através do plasmídeo.

  • Integrons

São pequenos sistemas genéticos modulares móveis envolvidos na aquisição e disseminação de genes de resistência ao antibiótico entre bactérias Gram-Negativas. Composto por duas fitas de DNA conservados e na região central.

  • Mutações

Alterações na estrutura química ou física do DNA. O organismo que não é exposto ao mutageno (físico ou químico) é chamando de selvagem, sendo o exposto ao mutageno denominado de mutante. As mutações podem ser expontaneas (pelo erro na replicação) e induzidas (substancias toxicas), sendo as suas consequencias as seguintes:

  1. Resistência a drogas;
  2. Alterações morfológicas;
  3. Temperatura-sensíveis;
  4. Supressor-sensíveis.

  • Recombinação
Enquanto a mutação assegura a variabilidade e recombinação genética a recombinação produz produz processos que dão origem a rearranjos entre genes ou partes desses genes, os mecanismos de recombinação são:

Transformação: Processo no qual o DNA livre no meio é tomado pela célula resultando em alterações genotípicas desta. O meio e o estado fisiologico da célula são importantes para o sucesso do meio. Sendo suas etapas iniciadas na autolisina onde se expõe as proteínas da membrana para se ligar ao DNA da célula doadora dando a fragmentação do DNA que originará a recombinação dos matérias fragmentados na bacteria receptora e degeneração do que não é recombinado.
Clique na Imagem para ver em tamanho maior alem de ter maior compreesão do que seja fator de fertilidade (Fator F)

Transdução: É o processo no qual o DNA bacteriano é transferido entre as células mediado por um vírus, sendo o processo ocorrendo por um virus que infecta uma bacteria e se multiplica dentro dela, causando a lise da bacteria liberando vírus com fragmentos bacterianos e esses virus infectam outras bacterias, mas não tem material viral sufuciente para causar lise com isso bactéria absorve o material do virus.


Conjugação: Mecanismo de trasferência de informações genéticas que requer contato entre as células, esse contato faz a transferência de DNA e plasmídeo, sendo iniciada pela formação de união específica doador-receptor que acarretará na preparação para a transferência de DNA e a trasnferência do mesmo formando um plasmídeo funcional.


5 comentários

Anônimo disse...

legal

Aracely disse...

Aqui está seu comentário. Obrigada pela ajuda!

Lucas Queiroz disse...

@Aracely

Fico feliz que o texto foi util a você.

Paula Bugança disse...

muito legal. me foi muito útil ! Waleu !

Anônimo disse...

legal...

Postar um comentário

Rafael Mafagafo já havia dito : A verdade é que eu acho legal o pessoal acessar o site e não deixar um recadinho… eh massa…
eh a mesma coisa que você cagar e não puxar a descarga… porque querendo ou não você usou aquilo, pode ser num momento de merda, mas usou certo? não custa deixar um recadinho falando… legal…

 
Enfermagem... A Arte do Cuidar | by TNB ©2010