Páginas

Impulsos Nervosos

sábado, 24 de abril de 2010

O Sistema nervoso humano tem bilhões de neurônios, todos em conexão uns com os outros. O impulso (sinal nervoso) se propaga do dendrito através do corpo celular ao axônio. O axônio transporta impulsos ao dendrito ou corpo celular de outro neurônio, ou a um órgão efetor, tal como uma glândula ou músculo.


Para melhor entendimento dessa postagem leia:


Sinapse e Neurotransmissores

Para que um impulso passe de um órgão receptor ao encéfalo ou do encéfalo a um órgão efetor ele necessita percorrer vários neurônios.

  • Transmissão do impulso nervoso

A bomba de sódio (Na+) e potássio (K+): Seu funcionamento dar-se na proporção de que para Bomba cada três íons Na+ bombeados para o liquido extracelular, apenas dois íons de K+ são bombeados para o liquido intracelular, causando um déficit negativo no interior da célula e caracterizando assim um transporte ativo, pois os movimentos dos íons vão contra o gradiente de concentração, visto que há maior concentração de Na+ no meio extracelular e K+ no meio intracelular.


Vale ressaltar que a membrana da célula em repouso é praticamente impermeável ao Na+, porem é muito permeável ao K+, uma das causas dessa característica é a de que a membrana possui maior numero de canais de vazamento ao K+ do que ao Na+.


Uma agressão no mecanismo da bomba Na+/K+ pode ocasionar Degeneração hidrópica, pois com a ação do agente agressor haverá a retenção de Na+ no citoplasma da célula e extrusão do K+, com isto acontecerá um aumento de água no citoplasma para manter as condições isosmóticas acarretando o inchaço da célula.


  • Estágios do impulso

Repouso: Caracterizado pelo potencial de repouso da membrana advindo do potencial eletronegativo criado no interior da fibra, devido a bomba de Na+/K+, ficando assim o exterior da membrana “positivo” e o interior “negativo”, na realidade o termo mais adequado é “o meio interior com déficit negativo em relação ao exterior”.


Estagios do impulsoDespolarização: Estágio o qual ocorre o potencial de ação decorrente da inversão do fluxo das cargas, ou seja, o meio intracelular e caracterizado por estar “positivo” e o extracelular “negativo”.


Ao ser estimulada, uma pequena região da membrana torna-se permeável ao Na+, acarretando assim a entrada do Na+ que é acompanhada pela saída de K+, tudo isso é baseado no transporte a favor do gradiente. Essa inversão vai sendo transmitida ao longo do axônio, e todo esse processo é considerado um impulso nervoso ou onda de despolarização (potencial de ação). Ocasionado pela entrada do Na+ e saída do K+ através dos canais de comportas, sendo os de Na+ mais rápidos dão assim déficit positivo interior da célula.


Repolarização: Momento em que a célula está voltando a sua polaridade normal (potencial de repouso). Ao receber um estimulo maior que o normal para atingir seu limiar de potencial de ação a célula responderá desencadeando a despolarização, esta resposta não ocorre no estágio de hiperpolarização caracterizado pela inativação total da célula a qualquer estímulo enquanto ela não retornar ao potencial de repouso.


  • Condução Saltatória

Nas regiões do nódulo de Ranvier, por cauda da propriedade isolante da bainha de mielina, a onda de despolarização “salta” diretamente de um modulo para o outro, sendo chamada de condução saltatória acarretando assim o amento da velocidade de impulso. Patologias ocasionadas por movimentos repetitivos podem ocasionar danos à bainha de mielina causando assim uma diminuição considerável na velocidade e controle dos movimentos do membro ou região afetada.

2 comentários

Anônimo disse...

legal aprendendo mais e mais lol^^

Anônimo disse...

legal amei o site, ta perfeito!!

Postar um comentário

Rafael Mafagafo já havia dito : A verdade é que eu acho legal o pessoal acessar o site e não deixar um recadinho… eh massa…
eh a mesma coisa que você cagar e não puxar a descarga… porque querendo ou não você usou aquilo, pode ser num momento de merda, mas usou certo? não custa deixar um recadinho falando… legal…

 
Enfermagem... A Arte do Cuidar | by TNB ©2010