Páginas

Tricuríase (Trichuris trichiura)

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Trichuris ovoO T. trichiura é um verme fusiforme nemátode, e como todos, tem sistema digestivo completo. Algumas características desse parasito são a de não apresentar órgãos sensoriais denominados fasmídes, ausência de canais laterais do sistema excretor, abertura bucal na parte anterior e esôfago com musculatura delgada pouco desenvolvida.

A infecção de Trichuris trichiuria tem distribuição cosmopolita, sendo estimado cerca de 1 bilhão de pessoas infectadas, das quais 350 milhões são menores de 15 anos e geralmente são expostas a grandes cargas parasitarias. Apesar de amplamente distribuída, ela prevalece em áreas quentes e úmidas.

Os vermes adultos apresentam forma semelhante a um chicote. Isso é dado por causa do afilamento do esôfago, e alargamento do intestino e órgão genitais.

Dados arqueológicos sugerem a associação Trichuris – Humanos é bastante antiga, sendo que na Europa era área endêmica, mesmo sendo de clima temperado e na América do Sul foram constatados infecções em meninos incas do ano 500.

  • Morfologia
1. Adulto:
Trichuris adultoTrichuris trichiuria medem de 3cm a 5cm de comprimento, sendo os machos menores que as fêmeas. Boca na extremidade anterior é uma abertura simples e sem lábios, seguida pelo esôfago longo e delgado corresponde a 2/3, a parte do sistema reprodutor, mais larga, corresponde a 1/3 do comprimento.

Macho: Menor; possui testículos únicos e seguindo os canais terminam no espículo (estrutura de fixação), parte posterior curvada.

Fêmea: Observa-se ovários e útero únicos que se abrem na vulva que fica na junção do esôfago e intestino.

Ovo: Apresentam formato elíptico característico com poros salientes e transparentes em ambas extremidades. O ovo possui 3 camadas sendo elas: Camada lipídica externa, camada quitinosa intermediaria e camada vitelínica interna.

  • Biologia
1. Hábitat:

Os adultos de Trichuris trichiuria são parasitas do intestino grosso de humanos, e em infecções leves ou moderadas ele habitam o ceco e colo ascendente. Aparte anterior (delgada) fica penetrada na parede do intestino e a parte posterior (grossa) fica voltada para o lado da cavidade, facilitando assim a reprodução.

2. Ciclo biológico

Trichuris no intestino com parte reprodutora em close. Seu ciclo é do tipo monóxeno (única espécies de hospedeiro em seu desenvolvimento), fêmeas e machos que habitam o intestino são eliminados para o meio externo junto com as fezes.

O tempo de vida de um verme adulto pode chegar a 4 anos, sendo a media de 2 anos. A fêmea fecundada elimina de 3 mil a 20 mil ovos por dia, onde cada Ovo contem um embrião que se desenvolve no ambiente para se tornar infectante.

No período de desenvolvimento o Ovo necessita de condições ambientais, e sua embriogênese pode ser rápida ou lenta a depender da temperatura (-9°C a 52°C) e umidade (77%), que em condições normais fará o Ovo sobreviver no solo por longos períodos.

As larvas eclodem, no intestino delgado, através de um dos poros presentes nas extremidades do Ovo, essa eclosão é dada pelo suco gástrico e suco pancreático presente no local. A partir da eclosão a larva penetra na mucosa intestinal e começa a se desenvolver e ao decorrer do desenvolvimento sua parte posterior sai para a luz intestinal. Segundo autores a eliminação pelas fezes demora entre 60-90 dias sendo que de 5% a 20 % dos ovos ingeridos chegam ao exemplar adulto.

  • Transmissão
Além dos métodos comuns de transmissão de parasitos; saneamento precário, falta de higiene, alimentos contaminados, sua transmissão pode ocorrer através de moscas e autofagia.

8 comentários

Anônimo disse...

Queria saber qual a fonte de pesquisa pra colocar na bibliografia de um trabalho...
Obrigada.

Lucas Queiroz disse...

Título: Parasitologia Humana
Autor: Neves, David Pereira
Editora: Atheneu
Edição: 11ª Ano: 2005
Download: http://lucasqueirozsubrinho.blogspot.com/2009/08/download-david-neves-parasitologia.html

Anônimo disse...

obrigada por dividir com todos o que aprendeu.
Depois de vinte anos sem estudar fiz supletivo da quinta série até o 2º grau com 32 anos. agora estou com 43 e estou fazendo enfermagem. trabalho o dia todo e a minha maior alegria agora é estudar, tenho 3 filhos uma neta e estou no 4ºsemestre de enfermagem.Obridada sua página me auda muito e tinha que lhe agradecer< Que Deus te abençõe e ilumine muito. e-mail pontuacao @bol.com.br

Anônimo disse...

fezes com S é de doer em :S

Lucas Queiroz disse...

@Anônimo, isso foi o corretor porco do live writer. Obrigado por avisar e desculpe o erro.

+ elizeu martins disse...

muito bom

Jair Santos disse...

quero saber se este verme trichiuris sai para fora igual o oxiuris se causa coceira no anús também.

Anônimo disse...

Mto bom....

Postar um comentário

Rafael Mafagafo já havia dito : A verdade é que eu acho legal o pessoal acessar o site e não deixar um recadinho… eh massa…
eh a mesma coisa que você cagar e não puxar a descarga… porque querendo ou não você usou aquilo, pode ser num momento de merda, mas usou certo? não custa deixar um recadinho falando… legal…

 
Enfermagem... A Arte do Cuidar | by TNB ©2010