Páginas

Brasil Contra a Dengue

sábado, 31 de outubro de 2009

Do Diário do Nordeste

mosquito-da-dengue O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, e o presidente mundial da GlaxoSmithKline (GSK), Andrew Witty, anunciaram nesta sexta-feira (25)(25), em Londres, uma parceria para o desenvolvimento de vacinas contra malária, dengue e febre amarela. O investimento será de 70 milhões de euros (cerca de R$ 183,7 milhões).


Inicialmente, os recursos serão aplicados na criação de um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento na Federação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O local será destinado ao desenvolvimento de tecnologias de prevenção e atenção a essas doenças. O foco inicial será o desenvolvimento de uma vacina contra a dengue.


Esta é a primeira parceria de cooperação entre uma multinacional e um laboratório público (Fiocruz), na qual cada uma das partes irá arcar com os custos iniciais.


Segundo Temporão, o acordo inicia um novo momento para a inovação, o desenvolvimento e a produção brasileira de insumos para a saúde. “O país deixa de apenas comprar pacotes básicos de transferência de tecnologia para a construção de uma relação que permite o desenvolvimento de insumos desde a sua fase de pesquisa”, afirmou.


Esse acordo tem a duração de dez anos e prevê o partilhamento dos direitos de patente das inovações produzidas nesse período. A parceria é um dos desdobramentos do acordo de transferência tecnológica para a produção nacional de vacina para pneumococo, assinado em agosto, entre o Ministério da Saúde, por meio da Fiocruz, e a GSK.


“O Brasil é um país com excelente base de pesquisa em vacina. Essa colaboração com a Fiocruz é uma importante estratégia de parceria da GSK com países emergentes. Temos satisfação em poder desenvolver, junto com a Fiocruz, novas vacinas para a saúde da população brasileira”, disse Abbas Hussain, presidente da GSK para Mercados Emergentes.


A assessoria de imprensa do Ministério da Saúde afirmou que não há previsão de lançamento das novas vacinas, mas há uma grande expectativa quanto ao novo investimento que trará status ao país no ramo de pesquisas e também benefícios para a população com relação à diminuição dessas doenças.



Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Rafael Mafagafo já havia dito : A verdade é que eu acho legal o pessoal acessar o site e não deixar um recadinho… eh massa…
eh a mesma coisa que você cagar e não puxar a descarga… porque querendo ou não você usou aquilo, pode ser num momento de merda, mas usou certo? não custa deixar um recadinho falando… legal…

 
Enfermagem... A Arte do Cuidar | by TNB ©2010