Páginas

Amebíase (Entamoeba histolytica)

sábado, 19 de setembro de 2009

Entamoeba- PseudopodosA Entamoeba histolytica é o agente etiológico da Amebíase, pode se beneficiar de seu hospedeiro sem causar benefício ou prejuízo, ou ainda, agir de forma invasora. Neste caso, a doença pode se manifestar dentro do intestino ou fora dele, sendo que esse protozoário possuem quatro núcleos em sua forma inerte (Cisto).


Morfologia


  • Trofoito: Tem 1 (Hum) só núcleo, tendo como características emissão rápida e contínua de pseudopódo.
  • Pré-Cisto: Fase entre trofosoíto e cisto, tendo ela o tamanho menor que o trofosoíto.
  • Metacisto: É a forma multinucleada que energe do cisto no intestino delgado, onde sofre divisões dando origem aos trofosoítos.
  • Cisto: São esféricos e tem de 1 a 4 núcleos. Sendo esta a forma de resistência.

Ciclo Biológico


ciclo de entamoebaSeu ciclo biológico é monoxenico¹, sendo ele iniciado pela ingestão do cisto “maduro” junto a alimentos, passando pelo estomago onde resiste ao suco gástrico, chegando no final do intestino delgado ou inicio do intestino grosso, nessa região ocorre seu desencistamento, com a saída do metacisto. Em seguida ele sofre várias divisões nucleares e citoplasmáticas dando origem a quatro trofosoítos e em seguida oito.

Apos todo esse processo, o trofosoíto na altura do intestino grosso se alimenta dos nutrientes dos alimentos do hospedeiro, e apos um período a E. histolytica passa para a forma pré-cisto e em seguida cisto tetranucleado que são eliminados nas fezes.


Ciclo Patogênico


O ciclo patogênico é caracterizado quando o parasito invade a submucosa intestinal e multiplicasse exageradamente e através da circulação sanguínea atingi outros órgãos como; fígado, pulmão, rins e cérebro.


Diagnostico e Tratamento


O diagnostico mas utilizado é o exame de fezes que apesar de ser cansativo é necessário para a constatação do parasito no hospedeiro. Vale salientar que o exame a fresco deve ser feito entre o intervalo de 20 a 30 minutos pra ter sucesso.


Sendo diagnosticado a presença de parasitismo o medicamento mais utilizado para o tratamento são os amebicidas que atuam diretamente na luz intestinal.


Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Rafael Mafagafo já havia dito : A verdade é que eu acho legal o pessoal acessar o site e não deixar um recadinho… eh massa…
eh a mesma coisa que você cagar e não puxar a descarga… porque querendo ou não você usou aquilo, pode ser num momento de merda, mas usou certo? não custa deixar um recadinho falando… legal…

 
Enfermagem... A Arte do Cuidar | by TNB ©2010